quarta-feira, 25 de abril de 2007

Comunicação Gerencial



A comunicação gerencial é envolvida pelo clima das circustâncias, onde a influência sobre atitudes e as predisposições das pessoas é marcante. A predisposição negativa afeta a qualidade da mensagem.

Nos climas empresariais, são comuns os ruidos provocados por atitudes negativas das fontes. Um gerente que não tem confiança em sua capacidade, não gosta de seu trabalho, acabará tendo uma imagem negativa de sí rpóprio, acabará passando tal imagem para outras pessoas.

É importante que para comunicar, a fonte esteja afinada com as temáticas a serem abordadas. Se isso não ocorrer, o resultado será precário. Há assuntos que a fonte não domina, outros que rejeita, enquanto determinados assuntos fazem parte dos "seus preferidos". Isso significa que a eficácia, dependendo da predisposição da fonte com o assunto, será maior ou menor. Ocorre a falta de sintonia entre as fontes e temas, provocando falhas, distorções e prejuizos nas comunicações.

Quando um gerente discorre sobre determinado assunto que não conhece completamente, a fragilidade logo é percebida.

Ex.: a leitura de palestras técnicas que não recebem a interpretação adequada dos participantes. Quando um palestrante é questionado de forma agressiva e fica "sem graça" diante do público gerando aplausos para quem fez a pergunta.







Um comentário:

tough_monkey disse...

Olá,

Estou fazendo um trabalho de conclusão de curso e gostaria de receber alguma indicação de materiais para estudo de comunição gerencial, social, empresarial.

Gostei muito de sua postagem sobre comunicação gerencial, porém um topico que talvez não tenha sido abordado é sobre a propria natureza do conhecimento e das informações que não são absolutos, o qu também poderia ocasionar aquela situação de "ficar sem graça" com alguma pergunta frente a por exemplo uma informação nova ou um campo de conhecimento ainda passando por estudos e pesquisas.